+ Minha Experiência com Paloma, minha neta autista +

O desejo, a busca Associações Muita didática e pouca segurança
E se eu morrer, o que será dela? A solução Progressos e resultados

Método apoiado e aprovado por profissionais

Sua casa é o melhor lugar do mundo    

E SE EU MORRER, O QUE SERÁ DELA?

Assim como o autista, a família ou o responsável também deve ser orientado e treinado. É importante criarmos condições de vida, tratamento e acompanhamento, a fim de darmos segurança a eles inclusive após a nossa morte.

TOP

 



- Die Rechte von allen Texten, Grafiken und Fotos liegen bei www.autista-no-lar.org -